A aprovação do Acordo Céus Abertos poderá aumentar em 47% o número de passageiros de rotas internacionais que tenham o Brasil como origem ou destino. Quem faz essa estimativa é a IATA (Associação Internacional de Transporte Aéreo). Para a entidade, isso significaria que o Brasil poderia ganhar 6 milhões de passageiros internacionais, vindos de diferentes países.

Entenda:  O que é o Movimento Brasileiro pelos Céus Abertos?  

Esse é apenas um dos benefícios da aprovação do acordo, que foi assinado em 2011 e agora aguarda aprovação do Congresso Nacional. O Acordo Céus Abertos entre Brasil e Estados Unidos já obteve aval da Câmara dos Deputados, em 19 de dezembro passado. O próximo passo, é obter a aprovação também no Senado Federal.

O potencial brasileiro é facilmente identificado na comparação com outros países da América Latina. Nos diferentes mercados em que esse tipo de acordo passou a vigorar, houve aumento significativo no número de voos, o que o que ajuda a promover o desenvolvimento do setor aéreo e contribui para a retomada econômica.

No Brasil, o percentual de viagens aéreas per capita é hoje de 1,8%, menos da metade da porcentagem alcançada pelo Chile (3,5%), Peru (3,1%) e pela Colômbia (4,3%). No Brasil, a viagem anual média para os Estados Unidos para cada mil habitantes é de apenas 26, muito embora quatro dentre os cinco destinos internacionais favoritos dos brasileiros, segundo agências de viagens, ficam nos Estados Unidos: Orlando, Nova York, Miami e Las Vegas. Já nos países da região que ratificaram o acordo, como Chile, Colômbia, Paraguai, Peru e Uruguai, são operadas aproximadamente 53 viagens anualmente por cada mil habitantes.

O Acordo de Céus Abertos com os Estados Unidos já foi assinado por 120 países, dos quais cinco no continente Sul-Americano (Chile, Peru, Colômbia, Uruguai e Paraguai). Em todos, houve um aumento significativo dos voos e redução de tarifas aéreas, com benefícios para os passageiros e promoção do desenvolvimento dos setores aéreo e de turismo.

Leia mais:

Países mais visitados por brasileiros ainda não têm Céus Abertos

Céus Abertos pode contribuir para o turismo em Pernambuco

2 Comentários:

Deixe um comentário::

Deixe uma resposta