Estudos e Referências

Acesse nos links abaixo estudos e referências sobre acordos de Céus Abertos em outras regiões 

1. O Impacto Econômico da Liberalização do Serviço Aéreo (Estudo em Inglês) :: The Economic Impact of Air Service Liberalization, InterVISTAS, 2006

Este estudo de 2006 mostra significativas evidências que sustentam a tese de que a liberalização dos serviços aéreos entre os países, a exemplo dos Céus Abertos, gera oportunidades para os clientes, companhias aéreas e diferentes entidades e indivíduos afetados positivamente por essa liberalização.

Estudo completo

2. O Impacto Econômico da Liberalização do Serviço Aéreo: Atualizando o Estudo Marco de 2006 para Refletir as Novas Realidades do Passageiro Comercial (Estudo em Inglês):: The Economic Impact of Air Service Liberalization: Updating the Landmark 2006 Study to Reflect the New Realities of Commercial Passenger Aviation

Este estudo de 2015 atualiza a pesquisa anterior, de 2006, reforçando que a liberalização dos serviços aéreos gera benefícios consistentes em termos de crescimento do tráfego aéreo, em pelo menos 16%, e redução das tarifas.

Estudo completo

3. O Impacto da Liberalização do Serviço Aéreo Internacional no Chile (Estudo em Inglês) :: The Impact of International Air Service Liberalization on Chile, InterVISTAS-EU Consulting Inc., 2009

Produzido em 2009, a partir de debates de representantes de 14 países a convite da IATA (Associação Internacional do Transporte Aéreo), este estudo analisa os resultados da liberalização no Chile, que adotou o Acordo de Céus Abertos em 1997.

Estudo completo

4. Benefícios econômicos da redução das tarifas aéreas na América Latina e no Caribe (Estudo em Inglês) :: Economic benefits of reducing aviation taxes in Latin America and the Caribbeaan, SEO amsterdam economics, 2016

Este estudo de 2016 aponta os benefícios para o transporte aéreo na América Latina e no Caribe que seriam gerados se houvesse redução das tarifas aéreas no continente. Ao mesmo tempo, mostra as perdas em conectividade e tráfego de passageiros se as tarifas atuais não diminuírem.

Estudo completo

5. ABEAR: Agenda 2020, Bain&CO com análise da COOPE/UFRJ, 2014

Estudo sobre o setor aéreo brasileiro mostra o impacto que a indústria da aviação tem sobre a economia nacional. Tendo como base dados estatísticos para o ano de 2013, aponta que essa indústria gerou 1,2 milhão de empregos, entre diretos, indiretos, induzidos e no Turismo.

Estudo completo

6. Céus Abertos: Estimativa dos benefícios para os viajantes gerados pelo livre comércio nos serviços aéreos (Título em Inglês) :: Open Skies: Estimating Travelers’ Benefits from Free Trade in Airline Services, The Brookings Institution, Winston and Yan, 2015

Este artigo de 2015 analisa os efeitos dos Acordos de Céus Abertos, incluindo uma redução nas tarifas entre 15 e 20% nas rotas que operem sob o tratado.

Estudo completo

7. Céus Abertos no Brasil – Resultados para a Indústria (Estudo em Inglês) :: Brazil Open Skies – Industry Results, American Airlines, 2017

Estudo de 2017 da American Airlines aponta os benefícios para o Brasil que seriam possibilitados com a implantação do Acordo de Céus Abertos no país. Dentre eles, o crescimento dos serviços e das opções de viagens aos passageiros, bem como o aumento do transporte de cargas.

Estudo completo